quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Pobre

Odeio. Por mim, morriam todos no parto.
Aff, véi... ser pobre nas vésperas do natal é a pior desgraça do mundo. Porque se você vai na esquina comprar um pão, você vê pessoas voltando do comércio cheias de sacolas nas mãos. Se você pega um ônibus para ir pra faculdade, passa por um milhão de anúncios de promoção nas vitrines das lojas. Shopping então... se você não tem dinheiro na bolsa, fica a dica, nem vá.
Eis o meu erro.
Tive que entrar no shopping para comprar um presente de amigo secreto dividido em 2x no cartão. Foi então que, de uma simples lembrancinha, sairam 4 camisetas, um pijama novo, 3 pares de brincos, 1 garrafa de cachaça e um Mc Lanche Feliz.



Como eu vou pagar isso tudo? Dando a bunda NÃO SEI! Mês que vem estarei postando sobre quantos quilos de pentelho tive que vender para pagar a fatura do cartão. Além de ter que passar o fim de ano sem viajar pra lugar nenhum (Ipiaú não conta!), ainda vou ter que encher a cara de vinho mata rato pra esquecer meus pobrema.
Juro que não sei porquidiabo eu gosto do natal. Deve ser por causa da ceia. Ou então haja espírito natalino, eu hein!!!

sábado, 5 de dezembro de 2009

04 de dezembro de 2009. Último dia de aula (pelo menos teoricamente). Saio da UESC alividada por saber que a semana finalmente acabou. As fiéis escudeiras da noite seriam: Erika, Mel e Laize. A idéia era: VAMBEBER e ser vistas!


Ótimo. Todas bonitinhas, arrumadinhas e cheirosinhas. Tudo começou num posto de gasolina que eu costumo chamar de "a creche do Jequitibá". Depois, nos instalamos num bar "elitezinha" da cidade, com cerveja e música. Lindo. A noite acabou (ou o dia começou) na casa de uns headbangers que, até então, eu desconhecia. A noite foi ótima e EU, mais uma vez, levei fama sem tirar proveito.
Na verdade a idéia do post é deixar aqui meu desabafo de como eu estou me sentindo velha e ultrapassada. De como é esquisito ver que você não bebe mais como antes, não tem mais paciência para sair de casa sem rumo, de como é estranho ver as crianças de outrora se tornarem drogadas e prostituídas e ver que você agora perde os melhores momentos da noite simplesmente porque DORMIU!!! o_O
E tentar mudar este quadro está fora dos meus planos porque não quero parecer aquelas tiazinhas que usam mini saia Geisy, dão luzes no cabelo e frequentam raves para parecerem mais jovens. Terei que aceitar a idéia de que, a cada dia, deixo de ser a menina jeitosinha e sexy pra me tornar a coroa gordinha e simpática. Já ouço meninos de 15 anos me chamando de "tia", volta e meia.



Este mundo é cruel, muito cruel.

sábado, 14 de novembro de 2009

Sobre minha primeira experiência na TV




Pra quem já assistiu O Diário de Bridget Jones, não preciso explicar mais nada.
Pra quem nunca assistiu, imaginem uma gordinha extremamente desajeitada apresentando um programa de TV...

Prazer.....EU!!!!

Depois de ver o material bruto da minha primeira gravação na TV UESC, só consigo pensar em uma coisa: ou eu emagreço 15 kg o mais rápido possível, ou vou morrer fazendo sexo virtual. Basicamente isso. Porque em relação ao meu jeito sem jeito de ser, se fosse magra, as pessoas até relevariam. Só notam que sou tronxa porque sou gorda!!! fato. Eu era uma mistura de Bridget Jones, Faustão e sei lá....o Fã do Pânico na TV.
Agora imaginem que estas cenas bizarras serão transmitidas para toda a universidade.



Minha vida estará arruinada. Definitivamente. Maldita função de apresentadora que eu fui escolher!!!

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Aos camarões só resta a lama...

Começo a trabalhar segunda-feira!!!!


\o/



Mas só recebo salário em Janeiro!!!


_l_

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Colombina News III

Daí que eu havia prometido a mim mesma que só postaria alguma coisa neste blog de novo se tivesse pelo menos uma novidade legal pra contar. Daí que depois de muito chorar pitangas, cerrar cigarros e comer arroz com ovo, eis que finalmente eu consegui um estágio! (aplausos)


Depois de passar um ano xingando o tal projeto e todos que estavam ou estiveram envolvidos nele, finalmente consegui passar na seleção da TV UESC quem?. Sou a mais nova apresentadora do programas Universus, sem piercing e sem tatuagem oh droga!! A primeira apresentadora gordinha (porém simpatica) da história da TV universitária. E isso é só o começo. Agora que me deram corda, comecei a sonhar com o dia em que me transformarei numa menina bonitinha mas ordinária, que não entende porra nenhuma de música, mas mesmo assim tem seu próprio programa na MTV onde faz perguntas sem noção aos pobres convidados jácompreiminhatintadecabelorosapink.
Estou um pouco mais feliz. Continuarei pobre, mas agora poderei comprar roupas no cartão Marisa e dividir em 8x sem júros, não vou precisar dividir casa com mais ninguém, poderei cozinhar pelada à vonts e ainda pensarei na possibilidade ousadia de me matricular numa academia de dança (71 kg tá FODA!!!!).

A banda vai bem, obrigada! Estamos com alguns sons marcados, alguns projetos sendo avaliados, algumas músicas com esperança de serem gravadas e com planos de fazer uma festa histórica na cidade de Ipiaú Las Vegas City. Maiores informações visitem o myspace.

A vida amorosa está cada vez melhor e...zZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz...

A faculdade então tá f...zZzZzZzZzzzzZzZzZzZzZzZzZzZZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZZz...

Em resumo é isso.
OkBeijo.


quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Ela só tinha 23...

Seguinte, meu niver foi terça-feira (dia 18/08), mas só agora eu tive tempo e coragem pra postar. Primeiramente gostaria de agradecer aos meus amigos, em especial a Marcelo Pires e Roberto Pazos, por terem se sensibilizado com meu estado de pobreza crônica e não deixaram meu aniversário passar em branco. Agradeço também a Patrício e Pierrot pela carteira de Luck Strike com direito a cartãozinho. A Emiron Gouveia pelo carinho e pelos pratos lavados. A Brisa, Mither, Raoni e Tremendal por terem ajudado dar continuidade à farra. A Rudah pela folhinha de amêndoa. A Marcelo Weber pela músicas e às minhas queridas amigas pelas resenhas (assim como seus respectivos namorados).
Terminei a noite grávida (mentira), bêbada e espancada. o.O
O que me deixa mais feliz nisso tudo é notar que eu tenho amigos maravilhosos e por mais que, volta e meia alguém tente me sacanear, terei sempre a frente uma guarda atenta e indestrutível para me protejer quando for necessário e dar força quando eu precisar enfrentar os problemas sozinha. Sei também que pessoas assim nunca irão faltar na minha vida pois acredito que a gente colhe o que planta. E pretendo retribuir a toda essa amizade e carinho com tudo que for possível.

No mais.......VAMBEBER!!!


domingo, 16 de agosto de 2009

Manzualisando

Primeiro show (com a banda completa) da Manzuá. Apesar dos pesares....gostei!!! Estou com um hematoma na coxa, mas tá tudo massa. Como sempre, rolou a transição Giselle - Elke, mas dessa vez eu num tava nem aí. Consegui me divertir naquela festa.

Pedido: Jisuis, cura meu coraçãozinho!!!

domingo, 9 de agosto de 2009

Meme independente

Não fui indicada e ninguém precisa indicar ninguém...
Roubei esse meme porque achei que, de repente, ele pode me ajudar a expor o momento.

• Eu tenho: medo.
• Eu desejo: huunft!!!
• Eu odeio: a cabelereira que acabou com meu cabelo.
• Eu escuto: altualmente, muito Incubus (sessão nostalgia)
• Eu tenho medo: ah sim, claro....vc nem faz idéia!
• Eu choro: quando estou com raiva e em filmes.
• Eu perco: nas matérias chatas da faculdade.
• Eu preciso: de um emprego...e é urgente!
• Eu devo: à minha mãe.
• Me dói: o coração e às vezes a cabeça (com mais frequência que o normal)
• Tem um diário? Queimei todos que fiz, desde a minha adolescência. Acho que por isso fiz esse blog.
• Gosta de cozinhar? Até que gosto, mas quando tenho ajudantes.
• Gosta de tempestades? Não, suja tudo!!
• Há algum segredo que você não tenha contado a ninguém ? Oh acho que sim...alguns milhões!!
• Põe seu relógio uns minutos adiantados? Puz, mas não sei quantos minutos...
• Acredita no amor? Ah sim...em todos eles.
• Toma banho todos os dias? Eh bom, neh?
• Quer casar? Espero querer um dia.


~quem é?

• A pessoa mais estranha: Michael Jackson
• A pessoa mais chata: Xuxa
• A pessoa que te conhece melhor: Guilherme.
• O professor mais chato: O de metodologia de num sei das quantas....


~qual é?

• A frase que mais usa no msn: Pedacinhos de músicas.
• Sua(s) banda(s) favorita(s): Impossível dizer.
• Seu maior desejo: Conseguir resolver todos os meus problemas. Ou pelo menos os mais urgentes.


~outras:

• Signo: Leão
• Cor do cabelo natural: Castanho claro
• Cor dos olhos: Castanhos
• Numero favorito: 8
• Dia favorito: Sábado (óbvio)
• Mês favorito: Os que possuem poucas semanas.
• Estação do ano favorita: Era pra ser o inverno, mas moro na Bahia, acho que não faz muita diferença.
• Café ou chá? Café
• Montanha ou praia? Vixe...me pegou!
• Sol ou neve? Não conheço a neve, mas acho que nos daríamos bem.


~ nas últimas vinte e quatro horas você:

• Chorou? Sim
• Ajudou alguém? Definitivamente não.
.• Comprou algo? Um algodão doce e um hamburguer.
• Ficou doente? Ressaca serve?
• Foi ao cinema? Não
• Saiu pra jantar? Rai ai... vo nem dizer...
• Disse 'te amo'? Disse.
• Escreveu uma carta? Não necessariamente.
• Perdeu um namorado? Pergunte pra ele...
• Falou com alguém? Lógico.
• Escreveu em um jornal? Já disse que to desempregada, CACETE!
• Teve uma conversa seria? Tive. /tenso
• Perdeu alguém? Pergunte pra ele de novo...
• Abraçou alguém? Abracei Brisa, minha parceira de banda!! Ow yeah!! \o/
• Brigou com algum parente? Not
• Brigou com algum amigo? Not
• Sonhou acordado? Faço isso o tempo inteiro. Acho que ando precisando de uns remédios.

~alguma vez você poderia:

• Comer uma lagarta? Acredito que não
• Matar alguem? Rpz... a raiva e capaz de fazer muita coisa.
• Saltar de paraquedas? Medo de altura.
• Cantar em um karaoke? Rá...hoje em dia não. Tô disputando com Pepê e Neném mas não é pra tanto...
• Ser vegetariano? Muito difícil.
• Roubar uma loja? É feio né... mas pobreza é foda. Prefiro os bancos.
• Quem tem que fazer? Hã?



Thanks!!!

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Quanto mais eu rezo...


Essa vida de fracassada me consome, na boa!! Pow velho, eu me considero uma pessoa tão boa, um ser tão caridoso, uma alma tão evoluída....
Tá, já fiz umas sacanagens na vida, porque ninguém é de ferro. No geral eu acho que sou uma pessoa legal. Mas cada dia que passa eu só me fodo mais. E tipo, quando eu acho que não tenho mais por onde me foder, descubro um orifício novo.
Só de ontem pra hoje:
- Descobri que minha viagem a Curitiba terá que ser cancelada! Amanda vai voltar a morar em Ilhéus. Isso significa que terei que dar o cú me virar para pagar as contas da casa sozinha. O dinheiro que eu iria usar para respirar em Curitiba será utilizado para me manter na faculdade por 3 meses. Isso porque não vou confiar em colocar uma desconhecida pra dormir no mesmo quarto que eu. De problema já tô cheia!
- Fui inventar de dar uma chapinha no cabelo hoje e descobri que meu cabelo tava mais pipinado que o da Cindy Lauper no auge da sua carreira. Cara, a mulher do salão ACABOU com meu cabelo! Uma loucura! Quase desmaiei no banheiro! Saí de casa desesperada achando que minha única solução seria um "joãozinho". Ou então ia ficar parecendo a gordinha de Malhação. Fui e cortei. Nem tah "joãozinho", nem gordinha de Malhação. O moço fez um meio termo aqui só pra não ficar com o cabelo daquele jeito.

Do jeito que a carruagem anda, tenho até medo de acordar, dia após dia...tá foda!!!

terça-feira, 28 de julho de 2009

Colombina's promotion...


Contextualizando:
Dia 15 de agosto, estaremos lançando o vídeoclipe da banda Mendigos Blues aqui na city. Todas as informações da festa estão no cartaz acima, é só clicar!

Mas a novidade é...

Pomoção MENDIGOS BLUES POR AQUI.
Vc tem duas chances de ganhar:

Promoção 1 - Para os blogueiros e orkuteiros da vida.
Basta copiar o banner acima, postar no seu blog ou no álbum do orkut e mandar o link pra gente por e-mail, identificando seu nome e telefone para contato. O sorteado ganha 1 par de ingressos para curtir a festa.

Promoção 2 - Para os youtubeiros da vida.
Faça um vídeo mostrando o quanto você é fã dos Mendigos Blues, poste no Youtube e nos mande o link, também para o e-mail, identificando seu nome e telefone para contato. O sorteado ganha 1 par de ingressos para o show, 1 dvd do videoclipe contendo videoclipe, making of, depoimentos e músicas extras e 1 camisa.

Enviem os links para:
laisa.rtv@hotmail.com

ou

edsonoliveirajunior@hotmail.com

Boa sorte e....

VAMBEBER!!!!

domingo, 26 de julho de 2009

Colombina News II

Bem, amigos da Rede Globo...cá estou para contar as boas das minhas férias. Nos destaques de hoje...me livrei do gato, estou pobre de novo, afundada no anonimato e com sintomas esquisitos no corpo. Vamos aos fatos.

NATUREZA
Sim, Smelly Cat (mais conhecido como Gerônimo) se foi! Pra onde? Não sei. Deixei-o de castigo do lado de fora de casa um dia inteiro e quando voltei ele não estava mais lá. Há rumores de que ele está vivendo feliz na casa de uma senhora, com seu netinho simpático, sendo útil como um bom caçador de ratos numa casa aqui mesmo no bairro.


ECONOMIA
Fiquei rica e fiquei pobre. Após pagar mais de 300 reais de impostos governofilhodaputa pela bunfunfa que recebi, descobri que o que sobrou foi a conta (ou não) de ir para Curitiba em setembro. Meus planos de comprar uma bicicleta, pagar cerveja para os amigos e me encher de roupas e sapatos até o talo foram por água abaixo. Vou ter que conviver mais algumas décadas com a decadência fashion.


FAMA
Mentira pura! Continuo sem saber o que é isso desde o Brega de Leila. A Manzuá se apresentou no Festival Multiarte. A música é massa, eu adoro! Mas nossa execução poderia ter sido melhor. Resultado: nosso amigo Zezinho levou todos os prêmios possíveis e impossíveis. Eu sei que ele merece, mas a partir de hoje não participo mais de festivais em que ele for tocar. FATO! Pelo menos ele pagou uma caixa de cerveja pra gente. Parabéns também para Mither Amorim (nosso percussionista e compositor) pelo 2º lugar no solo e o prêmio de melhor intérprete masculino. ANANARRÊA!!! Eu...continuo empatada no páreo da fama com Pepê e Neném.


SAÚDE
Enjôo, dor de cabeça, sonolência, dores estomacais, dor nos seios, fome de jumento, pele excessivamente oleosa e falta de apetite sexual. Segundo o google existem 3 hipóteses de doenças para estes sintomas: gravidez, embreaguês ou gripe suína. Dá licença que eu preciso passar alí na fila do SUS. Beijos.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Férias!

Juro, férias! Não fiquei de final na faculdade, por obra divina. (Leia-se porque o professor não tava afim de ficar uma semana a mais na UESC por causa de fracassados como nós).
Para melhorar as coisas, um belo dia Yves me encontra de bobeira na facul e diz:
"Amiga, a verba da FUNCEB saiu!"
Pensei:
"I'm RICH!!!"
Não por muito tempo, pois mais da metade da grana será investida em uma viagem a Curitiba no mês de setembro (Deus ajude que isso seja um investimento!). O resto da grana gastarei em roupa, sapato, maquiagem, cerveja e doces. Ficarei pobre novamente, mas serei uma pobre com roupas novas. FODA-SE!


No mais fico por aqui, contando os dias para que o dinheiro caia na minha conta e pensando numa forma honesta de me livrar do gato que mora aqui em casa.

segunda-feira, 29 de junho de 2009

O casório.


Não, não foi o meu. Acho que tô bem longe disso. Mas o fato é que fui a um casamento este fim de semana, definitivamente DE FUDEEEEEEER! \m/
Primeiro porque foi a primeira apresentação da Manzuá (para os leigos, a banda da qual agora faço parte). Segundo porque até minha mãe e amigos que não via a mais de um ano estavam lá (confesso que isso foi extremamente importante para amenizar minha atual crise de carência afetiva). E terceiro porque cachaça e comida de graça é BOM DEMAIS. Fato! Ainda que, misteriosamente, eu tenha dado pouquíssima atenção para as comidas.
Noivo cantando uma música linda para a noiva entrar (*.*), parentes emocionados, meus pés doloridos, o pastor pregando palavras de amor, Marcelo olhando para a mesa dos docinhos, meu vestido devasso querendo me fazer dar vexame e por aí vai.
"Beija eu, beija eu, beija eu, me beeeeeeeeeiiijaaa..."

Certo. Agora vamos de som. A Manzuá começa a tocar. Um mês de ensaios, repetindo os mínimos detalhes de cada música e na hora do vamuver.... todo mundo errando. Êêêêêêêêeêêêê! \o/ Que lindo. Ainda bem que todo público fiel que se preze, acha tudo lindo.
Lá estava eu, em cima do palco, morrendo de fome e sem poder comer. Minha mamãe querida, de 10 em 10 minutos passava na frente do palco exibindo um espetinho de carne em cada mão e dizendo: "Quer?". Mui gentil a senhora, mamãe! Fazer o que neh? VAMBEBER!!!

"Garçon querido...enche o tanque!!!"

A essa hora eu já estava descalça e sem saber se cantava ou bebia. Tanto bebi que depois nem quis mais saber de comida (Arrependimento mor no dia seguinte!). Anunciei a hora do arremesso de buquê. Não sei que milagre, dessa vez minha mãe não me obrigou a ir enfrentar as solteiras insandecidas pra pegar o buquê. Já disse, mãe: Não caso tão cedo! VAMBEBER!!!
O repertório acabou e aí mo fio....momento PALCO PARA TODOS! Deu de tudo naquele lugar. De "joga fora os remédios" ao melhor do grunge. Agora, rezo para que a partir deste momento não tenham me filmado, porque a coisa mais ridícula que lembro foi de ter subido na palco pra cantar Stone Temple Pilots (PQP mermão!!!!). Caso tenham filmado isso, darei fim na fita de alguma forma ("A Incendiária").
O casamento foi tão non sense que até a vida veio falar comigo e eu não meti a mão na cara dela. Cara impressionante! Eu sou uma alma tão boa, tão boa, que terão que construir outro céu só para me hospedar quando eu morrer. Mas tudo bem, chega de problemas né? Também acho!

Ronaldo*

P.S: Só me convidem para casamentos assim. Please!!!

terça-feira, 9 de junho de 2009

Sobre o Jeep

Gentém...
Vi aqui informa-lo-os que estou postando em outro blog.

Nada de loucuras que acontecem na minha vida, ou desabafos profundos e mongolóides sobre a minha existência. É que por aqui estão produzindo um videoclipe. A música conta a história de "Jeep", figura pitoresca da cidade de Itabuna-Ba. A composição é da banda Mendigos Blues e você vai poder conhecer um pouco mais sobre tudo isso no Jeep - O Clipe. Visitem. Em breve poderão ver o resultado da produção.


P.S: Perdoem a precariedade do blog. Estou procurando alguém que possa me fazer um layout, já que eu tô sem photoshop (se alguém quiser se habilitar.... :D). Por enquanto tem apenas um pequeno texto sobre a banda. A partir de amanhã, atualizarei as informações, tudo que já foi feito até aqui.

Beijoacessem:)

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Ganhei um selo...(thanks!)

E foi do meu querido samurai parte da minha sociedade amorosa alternativa (vide: http://lostsamuraix.blogspot.com/).
Honey...obrigada! Me senti importante...ui. Te amo forevermente, você sabe disso.

Ele disse que depois de postar o selo eu preciso listar 5 características minhas, então lá vai:

1- Pobre
2- Pobre
3- Pobre
4- Gorda
5- Rancorosapacaralhomermão.

Agora preciso indicar 5 blogs:
http://amocadajanela.blogspot.com/
http://alvorecimentos.blogspot.com/
http://sguenis.blogspot.com/
http://antimeteria.blogspot.com/
http://erikacotrim.blogspot.com/

Regrinhas básicas:
1. Colocar no início de seu post o nome do Blog que te indicou ao prêmio.2. Escrever uma mesagem de agradecimento ao Blogueiro que te indicou.3. Postar o selo 4. Abaixo do selo descrever 5 características sua.5. Indicar o prêmio a 5 ou mais blogs para receber o selo (não indicar blog já indicado).

É isso!
Beijomearrumaumempregopelamordejisuis.

sábado, 30 de maio de 2009

Vida de Exu



Tá tudo uma bosta. Mas não é uma bosta qualquer. É daquelas de diarréia das brabas: mole, verde e sai do seu cu que você nem vê a hora.










Mas o que que Lenine não melhora nessa vida???? Apenas alguns minutinhos trabalhando de garota propaganda de bebida energética, num buteco qualquer da vida e você é recompensada com um lindo e inesquecível show do Lenine 0800 (Ninha, amiga...amo vc forevermente!)






Pra finalizar....uma pérola negra da poesia acadêmica baiana:

"Fiapo de manga
Fiapo de laranja

Eu compro um frango

E faço uma canja

Eu olho as estrelas
No céu estrelado

Eu olho pra Netto
E digo: Ronaldo*"

CONCEIÇÃO, Janaína. Poema. In:______. Manifesto Cíclico de Xangô. Itabuna: Editora Semoquefazer Interteniment, 2009.

terça-feira, 28 de abril de 2009

Das coisas que eu não entendo...

Não entendo como sempre surgem novos problemas quando já estamos perto de resolver os velhos. Não entendo como é possível matar a fome com 2 fatias de pão integral e um copo de suco de limão com adoçante. Não entendo como uma pessoa pode odiar a outra sem nunca ter lhe dito um "oi". Não entendo como uma pessoa é capaz de pôr em risco o relacionamento de outras apenas para satisfazer seus desejos fúteis. Não entendo porque as atendentes de Call Center te dizem uma coisa e vem outra na sua fatura do fim do mês. Também não entendo porque o trapaceiro é beneficiado, enquanto o honesto não vai nem se quer pro banco de reservas.
Está cada vez mais difícil permanecer. Sonhar. Ter vontade de lutar por alguma coisa. Porque o que eu penso não condiz com o que o resto do mundo faz. Porque quando eu me esforço para gostar das pessoas e do mundo de graça, o que recebo em troca é falsidade, golpes baixos e má fé. E quando faço estas perguntas, o que recebo como resposta é: "Porque a vida é assim!".
Se a vida é assim pra todo mundo e eu estou longe de conseguir entendê-la, só me resta fingir que vivo, fingir que está tudo bem, fingir que não sei de nada, quando o que tenho realmente vontade é de mater a mão na cara DELA.

Fato!

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Colombina News

Muita coisa aconteceu na minha vida desde o último post. FATO. Mas acho que nenhuma delas vale o trabalho de ser citada aqui. FATO. Então vamos aos acontecimentos desta semana.

Primeiro, a Semana Santa (que foi na semana passada, mas ah...foda-se!). Show dos Mendigos Blues em Ipiaú. Eu entrando no recinto Gisele Bundchen e saindo Elke Maravilha. Pelamordedeus, o show foi MARA, inclusive minha canja alcoólico performática de "Abre essas Pernas" do Velhas Virgens com o ex-namorado (que toca na banda), na presença de toda a família (inclusive minha imaculada mãezinha) e chocando as pessoas da cidade com tamanha cara-de-pau (em breve eu posto o registro audiovisual que fizeram deste momento tragicômico da minha vida).

*Esqueçam a parte do chupão!*

Depois, de volta a Itabuna, veio o dia em que eu caminhava lindamente com meu namoradjênho pela Beira Rio, achamos 250 reais no chão. Era uma vez um casalzinho de pobres que andava em direção ao comércio para pagar suas contas (ou parte delas, sendo que o dinheiro não daria pra tudo), ambos se queixando se suas situações financeiras precárias, pensando em roubar, pedir dinheiro emprestado aos ciganos, montar banda de arrocha para ganhar dinheiro. Um deles chuta um pacotinho na calçada e....PUFT...tinha 250 reais no pacotinho. E nem me olhem com essa cara de "que feio, aquilo devia ser o salário de alguma velhinha doente". Ah...meu cu!!! Como disse minha querida e sábia mamãe, "Deus não desampara um filho para amparar outro". Estou me valendo disso. Obrigada Jisuis!


E agora a de hoje. Estou eu voltando no buzu da faculdade com Amanda. Encontrei um rapaz, super simpático por sinal (é comprometido, mas eu casava fácil!!!), que eu havia conhecido a alguns dias atrás. Ele me falou que estava de passagem comprada de volta para a sua terrinha e blá,blá,blá whiskas sachê. Como o rapaz não conhecia nada da cidade, o acompanhei até próximo do seu destino. Até aí tudo bem. Na despedida, abraço vai, abraço vem, deus te acompanhe, boa viagem, volte sempre, ele me deu a mão, olhou nos meus olhos (UI!) e discretamente deixou um papelzinho na minha mão. Amanda simplesmente, sem saber detalhes do que estava acontecendo, me olha com cara de "ahn????". Saí andando e descobri que o papelzinho estava enrolando um punhado de maconha.


Joguei o "bagulho" na bolsa e saímos dando risada até a porta do shopping. Agora me digam....que diabo eu vou fazer com isso?? Nem enrolar aquela peste eu seu. Não posso vender, porque é pouquinho e ninguém vai querer comprar. Além do mais, já me vi como assaltante, freira, pedófila, advogada, qualquer coisa dessa natureza, menos traficante. Não vou jogar fora, porque não se faz isso com um presente, seja ele qual for. Sei que aquela pacoteirinha está cheia de boas intenções. Deixa ver. Se isso vira moda, vou acabar com o estoque pior que o de Fernandinho Beiramar.


Beijosmeliguemmasnãocontemprapolícia.

terça-feira, 24 de março de 2009

Texto coletivo sobre Comunicação e Realidade Regional

Era uma vez, 3 meninas numa aula super divertida de Comunicação e Realidade Regional. Até que uma delas resolve pegar um pedaço de papel...

LEGENDA:

Amanda
Janaína
Laísa


Já não vou mais escrever o que pensei porque você decifrou minhas palavras com esse olhar de quem come a caça sem escrúpulos. Como dizia Giandreano no Antigo Egito: se correr o bicho pega, se ficar o bicho come. Portanto corra! Como dizia meu amado pai, de tanto pensar morreu o jegue na porta da prefeitura. Aí você se pergunta o que o jegue estava fazendo na prefeitura? E quem estava lá dentro? Já que o bicho ficou, quem ele comeu? Eu acho que quando cada um adquire a consciência de ficar no seu quadrado, se torna fácil aceitar que o jegue não passa de uma representação simbólica do lambe-lambe que passou a vida tirando fotos 3x4 na porta da prefeitura. Exatamente! Aquele lambe-lambezinho afrodescendente e desfavorecido, que ao invés de correr atrás do bicho, ou seja, do trio elétrico, afim de se transformar em um ser topo da cadeia alimentar, afinal quem não come será comido, resolveu se acomodar à sua condição de eterno jegue retratista, instalado humilde e quase invisivelmente na porta da prefeitura. E vocês acham que quem está no topo da cadeia alimentar pode ser então considerado uma personificação de Paul Bazzo, comedor de primeira linha e chave de cadeia? Rappaz (yeah!), é aquela coisa. Depois que a cobra come o CU(elho) e o gavião vem e come a cobra, todas as instituições religiosas e sociais advindas das primeiras civilizações perdem o sentido e passam a ter uma resignificação alcoólica. Porém, convenhamos, o tal CU(elho), mamífero fofinho que põe ovos, devidamente mergulhado na resignificação alcoólica, há de se transformar numa bela e satisfatória moqueca para a ceia das instituições religiosas e sociais, transformando nós, JEDI's, em seres componentes do manifesto cíclico de Xangô. Eu quero deixar claro que se tem CU(elho) para ser comido durante um ritual de uma instituição religiosa dos primórdios da humanidade, faço questão de doar o meu, portanto que os ovos fiquem de fora e o álcool role solto com o sangue derramado pelo CU(elho) depois de ter passado a noite com o jegue assitindo nós, JEDI's e pobres camponesas indefesas sem sabre de luz com cabeças giratórias (porque não existia bateria na Idade Média), sendo derrubadas no feno por Darth Vader. Quando participamos do manifestos cíclicos de Xangô não podemos esquecer que se o CU(elho) substitui a galinha preta do pescoço quebrado, além do sangue do CU(elho) derramado, devemos reservar espaço para a garrafa do famoso Velho Barreiro, o primeiro pai de santo da casa de mãe Creuza. É importante salientar que todos os rituais de instituições religiosas e sociais moquequeiras da cadeia alimentar comportam-se de forma adequada e legal diante dos preceitos primordiais, privados, prioritários e pitorescos da Força Armada Brasileira, afinal todas as espécies de piteridófitas sanguinolentas extintas da região sudoeste de Barbacena podem se sentir instintivamente atraídas pela moqueca de CU(elho) ao molho pardo, causando um estado de calamidade pública no lugar, região ou globo, o que os cientistas banguelas da Tailândia denominam de: hermenêutica. E tenho dito.


GLOSSÁRIO:

Lambe-lambe - http://www.canudos.com.br/mangara/3._estruturaDoProjeto/3.6_modeloLojas/3.6.06_iFoto/lambe-lambe.jpg

Trio elétrico - http://s3.amazonaws.com/rede_prod/assets/0013/9703/trio_foto_diagonal.jpg

Cadeia alimentar - http://www.girasolweb.com/blog/images/cadeia_alimentar.jpg

Paul Bazzo - http://www.almodovarlandia.com/almodovarlandia/actors/photos/santiagolajusticia/santiagolajusticiakika250x171.jpg

Moqueca - http://caideboca.files.wordpress.com/2007/12/moqueca_humberto_capai_pmv.jpg

JEDI - http://members.shaw.ca/david.p.z.888/star_wars/pics/jedi.jpg

Xangô - http://www.funzionegamma.edu/italiano/journal/numero15/immagini/foto/5.jpg

Ovos - http://jutorrette.zip.net/images/ovos.jpg

Velho Barreiro - http://aguadiet.files.wordpress.com/2008/07/velho-barreiro.jpg

Força Armada Brasileira - http://1.bp.blogspot.com/_PdZS07Dqmi0/RnlkLuX_YxI/AAAAAAAAADk/glRknNY6kwU/s400/forcas-armadas-brasileira.jpg

sexta-feira, 20 de março de 2009

Stand-by

Não consegui um novo estágio. Levei esporro da chefe substituta. Me demiti do atual. Estou pobre de uma vez por todas. Não fui pra Salvador. Não bebi até a morte no show de Victor e Leo (nem me olhem com essa cara, era open bar...). Não fui pra inauguração da nova República da Luz Vermelha. Não vou pro show da Cof Damu amanhã. Não quero assistir filme. Não quero ver ninguém. Não quero que ninguém me toque. Tô péssima, por isso tô em stand-by.



"Talvez eu volte. Um dia eu volto, quem sabe..."




Glossário


Victor e Leo - http://i21.tinypic.com/8xrnzs.png

Cof Damu - http://www.myspace.com/cofdamu

A chefe substituta - http://www.worldnetdaily.com/images2/MatrixTwins.jpg

sexta-feira, 13 de março de 2009

Vira vira homem, vira vira lobisomem.




Conviver com homens. Oh sina!

Sempre convivi com muitos homens. Era mais apegada ao meu irmão, sempre me identifiquei melhor com meus primos, sempre tive mais amigOs do que amigAs e sempre me senti muito bem em lugares onde só havia eu de mulher. A única vez que passei maior parte do meu tempo com mulheres, eram lésbicas (o_O).
Há um ano atrás, passei na seleção de estagiários da UESC. Fiquei feliz da vida e fui encaminhada ao Colegiado de Educação Física para acertar as coisas. Chegando lá dei de cara com 3 seres humanos. Deduzi imediatamente que seria mais um ambiente totalmente masculino onde eu teria que conviver. Ótimo. Foi dito e certo. Ainda que o coordenador tenha saído pouco depois e a vaga tenha sido preenchida por uma mulher (Bila-bilu, Bila-bilu, imitando a Bila-bilu...), minha vida no trabalho se resumiu a manhãs e mais manhãs preenchidas por complexas discussões sobre assuntos masculinos (ou seja: mulheres).
Passo a manhã inteira ouvindo seus desalentos conjugais, seus comentários testosterônicos e suas opiniões machistas. No fim das contas percebi que compartilho de mais opiniões com eles do que eu imaginava. Tudo bem que eles só faltam me matar pela minha postura libertária e desencanada. Acham inaceitável o fato de eu, tendo namorado, sair, beber, viajar e receber visitas em casa sozinha (certo que nem sempre é por opção!) e batem na tecla que jamais permitirão que eu conheça suas respectivas namoradas para que não sejam mal influênciadas (faz-me rir!).
Mas o fato é que, de certa forma, penso como homem. Nunca fui chegada nessa coisa de feminismo (na verdade em nada que seja radical demais!). Ficar defendendo mulher, ainda que ela tenha errado, só porque eu também sou mulher não rola. Também não sou chegada em algumas frescuras típicas femininas (ainda que eu tenha cá as minhas!). Resultado, se eu fosse homem, certamente mandaria meio mundo de mulher se lascar. Ia ser chato, impaciente e bruto. Mas como não sou, papai e mamãe me fizeram menininha, com esta delicadeza primorosa, só me resta honrar o gênero bebendo cerveja e jogando sinuca.






quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

5 Dicas para ser pobre. (Para Amanda Maron)

A vida é muito linda até passarmos no vestibular e sermos obrigados e viver um tantinho longe da barra da saia de mamãe. Aí você vai morar com desconhecidos, para dividir as despezas. Depois você vai ser estagiário da instituição pública que faz questão de atrasar seu salário todo mês e blá blá blá whiskas. Estou nessa vida há quase 3 anos e admito, tem horas que dá vontade de se matar. Mas ainda não dei uma de "Cãrt Cobein". Tô aqui viva, forte, pobre e feliz.

Desde que saí da casa dos infernos, das moradoras de satanás, tenho tido o mínimo de paz na minha vida e estava achando tudo ótimo. Até que no segundo mês da minha "vida de solteira" o bolso pesou geral, descobri que meu estágio termina esse mês, lembrei que o dinheiro não ia dar e entrei em desespero. Já estava pensando em trancar a faculdade, comprar uma passagem para Ipiaú dividida em 5x no cartão do meu namorado, no ônibus comercial e sem seguro, ou fazer amizade com os mendigos da cidade para garantir uma marquize para dormir. Mãããããs... foi aí que uma luz, digo Amanda, surgiu no fim do túnel.

- "Vou me mudar pra sua casa o mais rápido possível!"

- "É MARA!"



















Pense em duas pessoas, na mesma pendenga morando de baixo do mesmo teto. Mas para a nossa nova vida (a qual eu já estou até bem acostumada...) e para os que passarão por isso daqui para frente aqui vão algumas dicas:

1- Esqueça seu celular à conta. Apele para o pós-pago, que você só irá colocar créditos de 3 em 3 meses. Quando faltar o crédito apele para os 3 segundos ou a famosa "chamada à cobrar".
2- Esqueça o yakssoba, o sushi, o talharim e a lasanha 4 queijos. Daqui pra frente é abusar do miojo e da farofa de coisa dentro. Feijão, arroz e carne de vez em quando.
3- Esqueça a Vogue, Rolling Stones, Bravo!, Piauí. Daqui pra frente, se quiser ler, procure aqueles links de assinaturas gratuitas por 1 mês da Veja ou da Caras. Na pior das hipóteses, roube umas revistinhas do consultório do seu dentista.
4- Quebre todos os seus cartões de crédito e passe longe, muito longe do comércio de sua cidade. Até daquelas lojinhas que vendem blusas bonitinhas de 15 reais. Apele para uma visita melodramática a sua tia costureira, ou a sua amiga super fashion que troca de guarda-roupa todo mês para ver se você consegue faturar alguma coisinha.
5- Esqueça o martini com azeitonas, cerejas e afins, assim como também a tequila e a vodca Absolut. Se quiser beber, compre um litro de vinho Dom Bosco e se mate dentro de casa, assistindo a novela das oito. Se essa opção lhe parecer asquerosa demais, aproveite e largue o alcoolismo.

No mais...seja feliz!



P.S: Meu salário veio. Mas já foi embora.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Sexta-feira 13

Acabo de descobrir que meu salário (que era pra ter saído dia 10) só irá dar o ar da graça daqui a 1 MÊS!


Pausa: Estou me concentrando para me jogar no Rio Cachoeira!

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Fundo do poço


É exatamente daí que consigo ver o mundo agora. Sei que parece exagero, pois tenho aparentemente uma boa vida. E tenho mesmo. Mas nem sempre aquilo que parece ser o ideal pra gente realmente o é. Acho que já escrevi isso aqui algumas vezes. Porque volta e meia, quando tudo parece normal, percebo que nada disso está me fazendo feliz. Passo a vida inteira clamando por uma vida normal, mas quando a tenho, rejeito. Quando não a rejeito, deixo que ela se transforme em monotonia e isso se infesta em tudo que está ao meu redor como uma doença infecciosa. Tomo aversão até pelas coisas que mais amo na vida. O pior é que não tenho força suficiente para aguentar a cura dolorosa. E então abandono tudo e me interno em quarentena no poço mais fundo que encontro pela frente. Fico lá por dias, as vezes meses...

Não sei como será dessa vez, mas cá estou eu no escuro, com o coração na mão e um nó na garganta, cabeça baixa esperando força para se erguer, olhar a luz que vem do topo e ter motivação para subir de volta e ir apreciar o que tem lá fora. Se conseguir.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

"I'm here but I'm really gone."

Acordei achando que ainda sonhava. O dia estava lindo e meu coração se encheu de uma paz que eu já não sentia a muito tempo. Passei o dia me preparando psicologicamente para o que estaria por vir. Meu telefone não parou de tocar o dia inteiro. Família e amigos querendo saber da minha ansiedade. Ao meu lado, o mas especial de todos, me enchendo de um carinho tão puro que só ele consegue me dar. Durante a tarde, chegaram aqueles amigos que não podiam faltar. Juntos formavamos o menor, porém mais eufórico, fá-clube que a Alanis pode ter. Ao fim do dia tomei uma cerveja, ganhei a benção de minha mãe e de todos os santos e fui.

Após encarar um ônibus lotado e um engarrafamento louco, chegamos ao local. O lugar estava lindo, tinha atração pra todas as tribos, mas eu não conseguia pensar em outra coisa. Ao ver o palco principal, notei que a coisa seria difícil pra mim. Havia uma divisória que separava a parte da frente da pista (área VIP, mais próxima do palco) da parte de trás dedicada aos menos favorecidos (nós). SIM, era um evento segregado! Eu jamais conseguiria chegar perto dela. Foi aí que eu não pensei duas vezes e caí no meio do povão. No show do Capital Inicial começou a minha Odisséia. Era quase impossível se deslocar no meio de tanta gente. De onde eu estava não conseguia enxergar nem o telão que mostrava os detalhes do show. Nunca senti tanta raiva por ser, além de pobre, baixinha. Mas não desisti. Passei o show do Capital inteiro pegando o vácuo da fila de policiais que passavam pelo local. Tanto andei que ao fim do show consegui chegar à "grade da segregação". Era o melhor lugar daquela ala que eu poderia ficar. Passei todo o intervalo num nervosismo que fazia minhas pernas tremerem e meu estômago embrulhar. Quando ouvi a voz da Alanis ecoando pela primeira vez eu não sabia se gritava ou chorava. As pessoas se amontoaram ainda mais e eu perdi a visão mais uma vez. Meus amigos abriram espaço e me posicionaram mais à frente. Quando finalmente consegui ver aquele anjo em cima do palco, andando e balançando os cabelos, enlouqueci. Cantava, berrava e pulava o tempo inteiro. Até que uma véia começou a me cutucar reclamando que eu estava pisando no pé dela. Agora me respondam: que diabos uma VÉIA, juba de pentelho, queria no show da Alanis?

Minha senhora, só uma dica: "VÁ TOMAR BEM NO MEIO DO OLHO DO SEU CU!"

Eu estava em estado de graça. No nirvana. Nada nesse mundo poderia estragar aquele momento. Alanis é linda, iluminada, do jeito que eu sempre imaginei. O repertório foi maravilhoso. "An' what it all comes down to"...foi um sonho realizado. O sonho mais lindo que já tive em toda a minha vida. Se felicidade tivesse nome naquele lugar, com certeza seria: LAÍSA.




Agradecimentos:

Vicente Picapau - por ter me presenteado com o ingresso do show.

Duran - por ter sido meu alicerce durante toda essa odisséia e ter me dado o melhor abraço do mundo após o show para que eu secasse minhas lágrimas.

Rilson, Talitha e July - por estarem do meu lado, tornando este momento ainda mais especial pra mim.

Minha mãe - pela benção e por ter liberado o empréstimo, ainda que contra a vontade. :D

Meu irmão, Allan - por ser responsável por essa minha paixão pela Alanis.

Paulinha - pela simpatia, pela foto com minha cara de mongol e pelos vídeos.

Ao rapaz que estava do meu lado e eu não sei o nome - por ter acalentado minhas lágrimas sem nem me conhecer.

A todos vocês, amigos do blog e amigos do dia-a-dia que torceram por mim... THANK U!

Abaixo o "onde está Wally?".


quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Meme do Livro


Tava com saudade de postar um meme. Até que fui indicada pela Iaiá para um bem simples, porém interessante.


Regras:

1. Agarrar o livro mais próximo.

2. Abrir na página 160.

3. Procurar a 5ª frase completa.

4. Colocar a frase no blog.

5. Não escolher a melhor frase nem o melhor livro!!!(Utilizar, mesmo, o livro que estiver mais próximo.)

6. Passar a 10 pessoas.


E lá vamos nós...


Livro - Uma viagem pela leitura: a descoberta do prazer.

5ª frase da página 160 - Não há página 160. Sò vai até 90*


P.S: Que droga!

P.S 2: Se o nome do livro fosse apenas "A descoberta do prazer" certamente teria página 160.

P.S 3: Gostaria de deixar bem claro QUE, este livro não me pertence. Eh da minha chefe e tava bem aki na mesa ao lado. Hohohoho.


Os Indicados:


Cristal - A Louca - http://sguenis.blogspot.com/








segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Hahaha, eu não sei o que postar...

É verdade. Mas me sinto na obrigação de dar uma satisfação da minha vida nas últimas semanas pra vocês (hai ai viu, tão com muita moral pro meu gosto, rsrs...). Comecemos:

O Boquí da Colombina vai bem, obrigada! Tenho luz, às vezes água, comida e agora tenho várias panelas que roubei da minha mãe. Acho que agora dá pra começar a viver. Começo a fazer planos de decoração, mas sabe deus quando vou poder concluí-los. Coisa simples e reciclável, só pra tornar o lugar mais aconchegante (tipo luz vermelha e espelho no teto do meu quarto). A propósito estou aceitando presentes.
Passei uma semana inteira acompanhada dos meus fiéis escudeiros, primeiras visitas, Picapau e Duran. Me trouxeram alegria, preocupação, litros de vinho e foram responsáveis pela minha primeira advertência no prédio por barulho depois das 22:00. Continuo amando-os mesmo assim.
Tive folga na semana passada e resolvi ir pra Ipiaú Las Vegas City. Comidinha de mamãe, cervejinha no buteco da praça e reencontro inesperado com um grande amigo semi-sergipano, dono da minha saudade. Poucos dias, porém especiais. Coisas que só me acontecem em Ipiaú. Uma semana com clima de "enjoy". Se as coisas nem sempre são como desejamos, aproveite o que você tem em mãos. Antes que o pouco que se tem se vá e você volte a chorar a morte da bezerra. Foi o que fiz. Aproveitei a medida do possível, trazendo comigo boas lembranças, saudades e outras cositas más que, quem sabe um dia poderão ser citadas aqui.
Agora estou de volta ao trabalho, vegetando, esperando que esta semana passe muito rápido, chegue meu tão esperado dia 31 de janeiro e eu possa definitivamente, começar o ano. Laísa - Antes e após o show da Alanis.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

O boquí da Colombina I


Eu tenho um teto. Isso mesmo... depois de meses e meses na pendenga, tendo que viver numa casa baixo astral, chorando todos os dias antes de dormir e sem qualquer expectativa de melhoras, finalmente consegui um "lar, doce lar". Estou morando sozinha, numa rua silenciosa e bem ventilada. Escura e perigosa, é bem verdade. Mas todas as ruas dessa cidade são escuras e perigosas, portanto... acho que tô no lucro.


Bem, na verdade eu moro numa quitinete. Apesar de ser pequena, tem espaço suficiente para caberem minha bunda e meu nariz. Tenho uma varandinha simpática, uma sala com apenas 2 cadeiras e uma televisão que não funciona. A cozinha cabe meu nariz, mas a bunda tem que ficar ralando entre a geladeira e o fogão. Meu quarto coube tudo direitinho, sobrou até espaço para colocar um colchão no chão para as visitas. O banheiro é bom e favorável para um banho a dois (ou três, quem sabe? hauhauhauhaa).


Ainda não tenho luxos como: energia elétrica, internet e rede na varanda. Tá, essa da energia elétrica foi porque o dono da casa estava com umas contas atrasadas. Por conta disso me mudei à luz de velas (que romântico!) , não pude arrumar nada ainda e tive que dormir sem ventilador e dividir um colchão com meu amigo Picapau (que roncou a noite toda e me obrigou a partir para outro cômodo).


Agora é esperar a luz voltar, esperar as visitas chegarem, espalhar sal grosso pelos cantos, comprar comida, um litro de martini, um pote de azeitonas e beber a noite toda em taças de plástico para comemorar minha felicidade. Quem quiser conhecer o sul da Bahia, já sabe onde se hospedar... no boquí da Colombina. Sejam bem-vindos.

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Pirei na batatinha...

Começar um ano em desequilíbrio total, tenham certeza, é algo extremamente desagradável. Há um peso enorme em cima das minhas costas e o pior, elas parecem começar a se acostumar com a dor. Vou surtar hein? Com sua licença...

Colombina diz:
Keka
tenho pensado em mudar
ERIKA trabalhando. diz:
mudar pra onde?
ou mudar...de mudança interior?
Colombina diz:

Todos os sentidos. Tipo, largar a faculdade, arrumar um emprego num posto de gasolina, esquecer a música e o teatro, comprar um DVD do Calypso, começar a acompanhar as novelas, ir à Igreja e induzir vômitos após as refeições.
O que q vc acha?
ERIKA trabalhando. diz:
acho q vc perguntou pra pessoa errada. eu ando meio desequilibrada. mas acredite. vomitar as vezes é legal. e o dvd do calypso eu consigo um pra vc. emprego no posto de gasolina é bizarro.não pelo emprego..mas visualkize aquele bone de frentista q visao do inferno.
e se for a igreja va numa de pastor novinho e solteiro.
Colombina diz:
certo.... muito obrigada pelas dicas.

ERIKA trabalhando. diz:
disponha.